CREA-DF
Quinta, 04 Julho 2019 20:23

Palavra da Presidente

Escrito por Fátima Có
Avalie este item
(0 votos)

CREA-DF 58 ANOS


No último dia 29 de junho, o Crea completou 58 anos de existência em Brasília. Nesta oportunidade cabem reflexões sobre a entidade e sobre a profissão.

Durante a construção da capital, as funções de fiscalização para garantir a segurança da sociedade, no que dizia respeito aos serviços de engenharia eram atribuições do Crea com sede em Minas Gerais.

A construção da capital, em tempo recorde, transformou o cerrado inóspito na cidade linda e vibrante ao redor de um, para alguns, improvável grande lago, teve a maciça contribuição dos engenheiros e dos demais profissionais da área tecnológica, que com sua força e competência deram concretude ao sonho de JK.

O engenheiro Euclides da Cunha, no seu Os Sertões, deixou, para ser sempre lembrada, a frase: “O sertanejo é, antes de tudo, um forte”. Poderíamos parodiá-lo, dizendo: O engenheiro é, antes de tudo, um otimista. Otimistas foram Israel Pinheiro, Joffre Mozart Parada e Bernardo Sayão quando atenderam ao chamado pessoal do presidente Juscelino para construírem uma nova cidade, uma nova capital. E assim começou Brasília. E tantos e tantos outros engenheiros vieram para cá, todos otimistas como costumam ser os engenheiros.E assim se fez Brasília.

Engenharia é a profissão do fazer, do transformar, é a economia aplicada, a que transmuda recursos naturais em bens e serviços para a facilidade e a felicidade da vida humana, elaborando projetos e conduzindo obras pela faixa estreita do respeito ao ambiente, preservando-o para as futuras gerações. Sempre dentro dos melhores e mais desenvolvidos padrões científicos e tecnológicos existentes.

Assim tem sido ao longo de toda a caminhada do homem sobre a Terra. Das máquinas mais simples: as primitivas alavancas, as marretas de pedras, a criatividade humana se impôs e adaptou o ambiente, permitindo ao homem viver em qualquer latitude e longitude, nas profundezas dos oceanos e nas lonjuras do espaço sem esperar a longa adaptação biológica, mas alterando ele mesmo o meio ao seu redor, garantindo-lhe a sobrevivência.

O otimismo e a operosidade dos profissionais da área tecnológica estão presentes em cada sala de cirurgia, nos satélites de comunicação, nos poderosos computadores que permitem a inteligência artificial, nas cabines de comando das sofisticadas aeronaves e submarinos, no domínio das energias das águas, dos ventos e do sol e até de como arrancá-la, com segurança, de dentro da matéria.

O Crea-DF é parte do Sistema Confea/ Creas/ Mútua, cujo início se deu em 1933, pelo Decreto presidencial 5194/33 que tinha como intuito dar à sociedade brasileira serviços de engenharia com qualidade e segurança garantidas, pois até ali, essa profissão não era regulamentada e leigos poderiam exercê-la livremente. Essa a intenção primeira do decreto. Decorrente da regulamentação da profissão,engenheiros passaram a ter exclusividade na execução dos serviços de engenharia e a dispor de um Conselho para fiscalizar o cumprimento desse dispositivo.

Ao longo dessas, não poucas, décadas, os Creas, hoje 27, um em cada unidade federativa,têm operado em íntima colaboração com a sociedade para garantir-lhe sempre a segurança, ora colaborando na solução, ora alertando autoridades para riscos existentes.

Exemplo recente e próximo de nós é o Decreto 39.849, de 23 de maio deste ano, no qual o Governo do Distrito Federal constitui Grupo de Trabalho para opinar sobre riscos e estágio de manutenção das, OAE, Obras de Arte Especiais – pontes e viadutos –por todo o território do Distrito Federal, constituído por representantes de organismos do GDF, afeitos a obras e segurança e três entidades da sociedade, dentre elas o Crea-DF. Os resultados do GT têm superado as expectativas inclusive pela inclusão nos cadastramentos das OAE de estudantes de engenharia em final de curso, orientados por docentes de praticamente todos os cursos de engenharia do DF cadastrados no Crea. Sinergia que pode produzir bons resultados, muito além dos previstos inicialmente.

Com uma atuação cada vez mais presente e integrada à sociedade, o Crea-DF completa 58 anos.

Fátima Có
Presidente do Crea-DF

 

Última modificação em Sexta, 05 Julho 2019 15:54
Mais nesta categoria: « Palavra da Presidente

Clique na seta ^ no canto direito para fechar !

Saiba mais
Toggle Bar