CREA-DF
Terça, 11 Setembro 2018 20:01

Ação conjunta de fiscalização avalia segurança de shoppings do DF

Escrito por Correio Braziliense
Avalie este item
(0 votos)

Shoppings de todo o Distrito Federal passarão por fiscalização do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-DF), da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF). A princípio, a ação tem caráter pedagógico, de conscientização e valorização dos cuidados preventivos de segurança.

Durante o mês de setembro, a equipe visitará as instalações de todas as lojas e áreas comuns dos centros comerciais, que serão definidos por sorteio, sempre às 9h do dia da ação. "Definimos dessa forma para que todos os shopping se preparem para receber a fiscalização, não divulgamos antes para que os demais não se acomodem", afirma Orlando Correa, Diretor de Fiscalização do Crea-DF.

Cada uma das instituições montou uma lista de itens a serem avaliados. O Crea está responsável por fiscalizar a estrutura, engenharia e manutenção das áreas e equipamentos, o Corpo de Bombeiros examina as condições dos dispositivos de segurança, como a sinalização de emergência, e a Defesa Civil deve observar as condições do histórico de manutenções do shopping. A primeira ação está sendo realizada no Shopping ID.

Caso alguma irregularidade seja encontrada na vistoria, os responsáveis pelo empreendimento terão prazo de 15 dias para sanar o problema, sem a aplicação de multa pela falha. "A fiscalização será de forma orientativa e não punitiva, queremos que as empresas se regularizem, se protejam e protejam também a sociedade", ressalta Fátima Có, presidente do Crea-DF.

Ações que promovam a segurança e bem-estar dos frequentadores dos shoppings são sempre positivas, é o que defende Carlos Passos, superintendente do Shopping Pátio Brasil. "Tudo aquilo que venha para contribuir com o aumento da segurança dos funcionários, clientes e lojistas do shopping é muito bem-vindo."

Ele explica que, anualmente, as dependências do empreendimento são avaliadas pelo Corpo de Bombeiros e órgãos fiscalizadores, além da equipe de segurança do próprio shopping, que rotineiramente vistoria as lojas. "Em abril deste ano, passamos pela avaliação de Regulamento de Segurança Contra Incêndio e Pânico, dos Bombeiros, e a administração examina as condições dos espaços compartilhados e espaços particulares dos lojistas", conclui o superintendente Carlos Passos.

Última modificação em Terça, 11 Setembro 2018 20:06

Meus itens